Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

TRABALHADORES ESFOMEADOS DO CTT COMEM ENCOMENDA QUE IA PARA FRANÇA

Após reclamação do casal, a encomenda foi devolvida, mas no lugar do bucho estavam duas laranjas já em decomposição.

Lucinda Mendes quis fazer uma surpresa à filha, emigrada em França, e pelo Natal enviou-lhe, através dos CTT, o seu petisco favorito: um bucho recheado, típico de Arganil, concelho onde a família reside. Só que a iguaria típica da região nunca chegou ao destino.

Foi roubada pelo caminho e no seu lugar foram colocadas laranjas. Lucinda Mendes, de Casal do Mourão, Arganil, está revoltada com toda a situação:

A encomenda foi violada e alguém tirou o bucho e o comeu. Desconfio que tenha sido algum funcionário dos CTT… devem pensar que nasci ontem. Os CTT deviam devolver os 35€ que gastei no envio da encomenda.

A encomenda foi enviada, mas passadas algumas semanas ainda não tinha chegado ao destino. Um mês depois, Lucinda e o marido, António Moura, reclamaram num balcão dos CTT. Passado uma semana, a encomenda foi-lhes devolvida. Ao abrir a caixa ficou espantada:

Os CTT estão a averiguar o que aconteceu e segundo a empresa a encomenda foi devolvida porque o destinatário não estava em casa.

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *