Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Segredos do Estado português à mercê do regime angolano?

No dia em que o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, recordou aos representantes dos grupos parlamentares que há eleições para quatro órgãos externos ao Parlamento no dia 12 Maio, o PS comunicou ao BE e PCP que aceita a continuação de Paulo Mota Pinto numa dessas entidades: o conselho de fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa.

O PS, o BE e o PCP confiam a fiscalização dos serviços de informação nacionais a Paulo Mota Pinto, que é simultaneamente membro dos órgãos sociais da NOS, empresa de Isabel dos Santos.

Como é possível deixar os segredos do Estado português à mercê dum homem de confiança de Isabel dos Santos e de seu pai, Eduardo dos Santos, líder do corrupto regime angolano?

Paulo Morais

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *