Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Salgado canta vitória, sente-se vingado, presume-se intocável

Salgado, responsável pela desgraça de milhares de portugueses, acha que vai continuar imune, intocável, impune e… multi-milionário.

RICARDO SALGADO canta vitória, sente-se vingado, presume-se intocável. Conseguiu mover todas influências junto de António Costa e Marcelo que levaram ao afastamento de Joana Marques Vidal da Procuradoria Geral da República. Acha que vai continuar imune, intocável, impune e… multi-milionário.

Salgado é próximo de Marcelo Rebelo de Sousa, de António Costa, de Cavaco Silva, de Sócrates. Esteve sempre ligado aos negócios mais obscuros: intermediação na compra (corrupta) de submarinos aos alemães; tráfico de influências na privatização da EDP, destruição da Portugal Telecom, eventuais subornos a Sócrates e Vara; e tantos outros.

Salgado provocou a falência ou a destruição do BES, do BES Angola, do GES, da Rioforte, da PT…

Foi responsável pela desgraça de milhares de portugueses. Desacreditou os funcionários do ex-BES, que andaram a vender papel comercial falso aos seus clientes. Descapitalizou muitas famílias que tinham as suas poupanças à guarda do BES.

Foi acusado por corrupção em múltiplos processos, por mérito do Ministério Público de Marques Vidal, agora afastada.

Salgado sente que não vai ser mais incomodado. Até porque Salgado dispõe do cartão “Você está livre da Prisão” – no verso do cartão está lista dos políticos que foi subornando ao longo de anos e anos.

Conclusão: Ricardo Salgado continua a ser o Dono Disto Tudo! Portugal não é um verdadeiro Estado de Direito. A democracia está moribunda.

Paulo de Morais

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *