Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Rendeiro: «E para quando a prisão perpétua com pena suspensa?»

O ex-presidente do BPP, João Rendeiro, foi condenado esta segunda-feira a cinco anos de prisão com pena suspensa por falsidade informática e falsificação de documentos. Rendeiro vai ser obrigado ainda a pagar 400 mil euros a uma IPSS, neste caso a Associação “Crescer”.

O colapso do BPP, banco vocacionado para a gestão de fortunas, verificou-se em 2010, já depois do caso BPN e antecedendo outros escândalos na banca portuguesa.

O BPP originou ainda outros processos judiciais, um por suspeitas de burla qualificada e outro relacionado com multas aplicadas pelas autoridades de supervisão bancárias.

Quanto ao Estado, este deu aquando da intervenção pública no BPP uma garantia de 450 milhões de euros que o actual Governo diz que espera reaver na totalidade.

«E para quando a prisão perpétua com pena suspensa?»

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *