Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Quando o Secretário de Estado da Administração Interna chamou “amadores” aos bombeiros

Há cerca de um mês que o Sr. Secretário de Estado da Administração Interna descreveu os bombeiros portugueses como “amadores” e erradamente lhes atribuiu remunerações médias de 1.350 euros mensais (para auferir de 1.350 euros mensais, o bombeiro teria que trabalhar 720 horas por mês, ou seja, 30 dias consecutivos, a 24 horas por dia).

Hoje após uma entrevista em que fazia um ponto de situação (desatroso) em que além de não saber os termos técnicos teve que recorrer constantemente a quem o acompanhava, para conseguir prestar declarações, foi a correr chorar-se nos braços do Sr. Presidente da República (ridículo).

Em Beja, questionado sobre um eventual boicote dos comandos das corporações na actuação fora dos respectivos distritos, Jorge Gomes disse: “Actuarão como bem entendam. Não são profissionais. São amadores. Interpretaremos como tal”.

Nestes últimos dias, os bombeiros prestaram um auxílio ao país como há muitos anos não era visto.

Será que o Secretário de Estado se lembra das declarações que prestou agora?

Precisamos de partilhar isto!!!

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *