Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

POLÉMICA – A NOVA SECRETÁRIA DE ESTADO DA SAÚDE E OS VALORES ESTRANHOS!

“A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo é a que revela compras de produtos a preços mais estranhos. Veja-se esta listagem: “Aquisição de 14 módulos de três cadeiras em viga e 10 módulos de duas cadeiras em viga” está apreçado por 375,6 mil euros.Outro exemplo.

“Um armário persiana, duas mesas de computador, três cadeiras com rodízios, braços e costas altas” está para adjudicar por 97 560 euros.Uma distracção com cifrões? Não é a primeira, nem a segunda… a mesma ARS terá mandado proceder a reparações de duas fotocopiadoras por 45,1 mil euros.”

Esta informação foi publicada pelo Diário de Notícias em 1 de Fevereiro de 2009. À data, Rosa Matos Zorrinho, a nova Secretária de Estado da Saúde, era a presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo (cargo que ocupou entre 2005 e 2011), e transita para o Governo directamente da presidência do Conselho Directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT).

Tendo em conta que Rosa Zorrinho vira governante na sequência de um escândalo associado a despesismo e gestão danosa de uma IPSS suportada com fundos públicos (a Raríssimas), o Má Despesa quis também saber como tem sido gasto o dinheiro da ARSLVT mas o Portal Base não deixa, encontrando-se inoperacional. Viva a democracia portuguesa!

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *