Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

PARA REFLETIR

Amanhã vamos todos levantarmo-nos para mais um dia de trabalho, para mais um dia de férias, para mais um dia de desemprego, para mais um dia de mil e uma coisas para fazer, para mais um dia, qualquer que seja a nossa realidade.
Eles não…

Amanhã vamos refilar porque está calor, porque demorámos muito tempo no trânsito, porque o chefe é chato, porque a colega não ajuda, porque o dinheiro não chega para tudo, porque o marido não reparou no penteado, porque a mulher reclama demais, porque os filhos não páram quietos.
Eles não…

Daqui a uns dias vamos todos para a praia, para a piscina, para o campo, para casa porque é fim-de-semana e é tempo de diversão.
Eles não…

Daqui a uns meses vamos andar stressados com as compras escolares, com o início das aulas dos miúdos, com o fim das férias, com o regresso ao trabalho, com o fim do Verão.
Eles não…

Daqui a um ano, vamos estar a preocupados com os exames finais, com o sítio para deixar os miúdos, com a falta de dinheiro para fazer uma férias diferentes, com aquilo que não fizemos este ano. Eles não…

Eles já não vão fazer nada… Já não vão stressar, já não vão andar a correr, já não vão gritar com os filhos, já não se vão chatear com colegas nem com chefes, já não vão sofrer pelo passado nem viver ansiosos com o futuro.
Eles não, eles já não…

Já não vão trabalhar, brincar, ir à praia, correr, saltar, barafustar no meio do trânsito, estudar, pagar contas, amar, sorrir, viver… Nem amanhã, nem daqui a uma semana, uns meses ou um ano.

Eles são agora apenas o rosto duma tragédia para a qual não tenho palavras…

São apenas quatro pessoas que partiram cedo demais, duma forma trágica demais, no meio de tantas outras que partem diariamente sem aviso prévio e que dariam tudo para amanhã estarem no nosso lugar e terem um dia como o nosso…

Que esta e tantas outras tragédias nos lembrem do quão efémera é a vida e do quão gratos devemos ser por termos a oportunidade de mais um dia…

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *