Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Ministério da Justiça não pagou renda durante nove anos. O que lhe aconteceu? Nada.

Agora o Estado tem que pagar do “nosso” bolso quase sete milhões de euros por ter usado instalações sem o devido pagamento.

O prédio situa-se em Lisboa, na Rua Mouzinho da Silveira, n.º 26. Este foi o prédio que entre 2000 e 2011 foi usado pelo Ministério da Justiça sem o “poder” fazer. É que, embora lá estivessem colocados serviços do Ministério, o Estado não pagava a renda.

A ocupação do prédio originou que a renda acumulasse para valores que foram agora pagos.

Mas ao contrário do que iria acontecer com o cidadão normal, ao Estado nada acontece. O prédio foi “comprado” em 2001 pela Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores mas, imagine-se, sem ter sido paga qualquer quantia a título de contrapartida pela utilização do prédio, avança a TSF citada pela Sábado.

A dívida, de 6.8 milhões, foi recentemente autorizada pelo Governo que colocou assim as “contas em dia”.

A pergunta que aqui se coloca é: e se fosse contigo?

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *