Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Fraude na colocação de professores

O processo de colocação de professores está, mais uma vez, envolto em polémica. Em causa está o destacamento de docentes por doença que levanta de novo suspeitas de fraude, tal como aconteceu no passado ano lectivo.

O Correio da Manhã dá conta de que “o Ministério da Educação anunciou ter autorizado este ano 4.160 dos mais de 4.500 pedidos de mobilidade por doençafeitos pelos professores”.

Um número que é “idêntico ao do ano passado” e que deixa “os directores desconfiados”, destaca o diário.

Não é a primeira vez que surgem suspeitas no processo de colocação dos professores em situação de doença ou com familiares precisando de assistência médica por razões de saúde.

Em Novembro de 2015, o Ministério da Educação confirmou a chamada de vários professores a juntas médicas, após terem surgido suspeitas com o elevado número de destacamentos por doença.

Nessa altura, a Ordem dos Médicos também abriu, vários processos disciplinares sob suspeita do uso deatestados médicos falsos por parte dos docentes envolvidos.

 

873271

1 Comentário

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *