Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Equipa da RTP violentamente agredida por populares de etnia cigana

Os agredidos estavam a investigar a violação de um menor por um colega da escola de etnia cigana.

Dois jornalistas da RTP, um operador de imagem e um redator, foram esta quinta-feira violentamente agredidos junto a uma escola de Chelas, em Lisboa, por familiares de uma criança de 12 anos que, alegadamente, terá violado um outro menor de 9 anos, noticia o Público.

A equipa da RTP tinha acabado de chegar à Escola Básica dos Lóios, em Chelas, quando os familiares do jovem, suspeito de violação, agrediram o operador de câmara com um banco e depois com vários pontapés na cabeça. Um dos agressores foi identificado e detido e o outro foi também detido por resistência à autoridade, avançou ao Público a subcomissária do Comando de Lisboa da PSP, Helga.

O operador foi internado no Hospital de São José, com vários ferimentos e uma equipa de jornalistas que se deslocou à escola depois deste incidente, só conseguiu abandonar o estabelecimento escolar quando foi escoltada pela PSP.

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *