Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

E ESTA: “UM BEIJINHO QUE AS CRIANÇAS DÃO AOS AVÓS PODE SER CONSIDERADO VIOLÊNCIA”

O programa ‘Prós e Contras’ da RTP abordou o tema do assédio e um dos convidados surpreendeu ao assumir que obrigar uma criança a dar um beijinho aos avós pode ser considerado “violência”. Fátima Campos Ferreira, apresentadora do programa, ficou incrédula e chegou mesmo a admitir que não estava a perceber a ideia do professor universitário.

O debate na televisão pública ficou marcado por um momento protagonizado por um dos convidados que, desde a plateia, revelou que o “beijinho que as crianças dão aos avós” pode ser considerado “violência”.

“Quando a avozinha ou o avozinho vão lá a casa a criança é obrigada a dar o beijinho à avozinha ou ao avozinho, isto é educação e estamos a educar para a violência no corpo do outro”, assumiu Daniel dos Santos Cardoso, professor de Ciências da Comunicação da Universidade Lusófona, perante o espanto de Fátima Campos Ferreira.

“Não estou a perceber”, soltou a apresentadora, admirada com a ideia partilhada pelo docente universitário.

“O beijinho da avó ou do avô é uma violência?”, questionou Fátima Campos Ferreira.

“Sim. Estou a dizer que obrigar alguém a ter um gesto físico de intimidade com outra pessoa, com obrigação coerciva, é uma pequena pedagogia que depois cresce. E o que acontece? Depois vemos os estudos e quarenta e tal por cento deles e delas acham natural que o namorado lhes controle o telemóvel”, admitiu o professor universitário.

Daniel dos Santos Cardoso explicou ainda, mais adiante no programa, que uma das suas turmas admitiu que “os homens só violam porque não se conseguem controlar”.

É contra estas situações que este professor vai debatendo.

Certo é que já se tornou viral o momento protagonizado na RTP sobre o episódio que, nas redes sociais, é já conhecido pelo ‘beijinho’.

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *