Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Baratas e sujidade em clínica

A entidade Reguladora da Saúde (ERS) recebeu duas reclamações contra a clinica de diálise NephroCare, em Venda Nova, Amadora.

Apesar das queixas, aquele estabelecimento de saúde nunca foi fiscalizado pela Reguladora.

A ERS afirmou que uma das duas queixas foi recebida no dia 1 de Julho deste ano e é referente aos “cuidados de saúde prestados a um doente”. Acrescenta não haver ainda conclusões sobre o caso, dado “ainda estar em análise”.

A segunda queixa, salienta a ERS, foi arquivada e era relativa às “instalações e ao pessoal administrativo e auxiliar”.
Ouviram-se queixas de doentes e familiares que pediram para não serem identificados para “não sofrerem represálias” por estes ainda fazerem tratamento naquela unidade.

Segundo as fontes, “há baratas a passear no interior da clínica e humidade que pinga no chão”.

Referem ainda que os profissionais que trabalham na unidade dão aos doentes “cobertores húmidos, que não são limpos, e lençóis sujos de sangue”.

A assessoria da Fresenius Medical Care Portugal afirma que nas suas unidades são “cumpridos os mais elevados padrões de qualidade no tratamento do doente renal crónico”. Acrescenta terem implementadas “as melhores. práticas para garantir os procedimentos de segurança, qualidade, higiene e controlo de infecção”.

 

baratas-e-sujidade-em-clinica

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *