Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Armando Vara, vai assegurando o futuro, pelo sim pelo não…

Por uma elementaríssima questão de justiça, não posso deixar de referir o percurso vertiginoso, de um homem que começou há poucos anos como caixa de uma agência da Caixa Geral de Depósitos em Mogadouro, e que agora, fala ao telefone com alguns dos mais poderosos governantes do nosso (pobre) País.

Um dos principais arguidos de um dos mais falados processos judiciais a decorrer e que, veja-se, é, além de muitas outras coisas de que nós nem sonhamos, o representante para África de uma das maiores empresas de construção civil brasileira, a quem foi adjudicada a construção de nova barragem moçambicana a poucos quilómetros de Cabora Bassa.

E o tipo, ou tipos, com quem ele fala ao telefone também lucram com o negócio ? Seria estranho que não lucrassem…

Estamos ou não entregues a escumalha ?!?! ESTAMOS…

O típico, os corruptos portugueses, quando as coisas começam a correr menos bem em Portugal, e os crimes começam a somar, já eles têm, investido e garantido, por esse mundo fora um futuro dourado, com o dinheiro que roubaram ao estado português e aos cidadãos, massacrados e sacrificados pela austeridade. Como é que eles hão-de temer a justiça portuguesa, se a vida deles está assegurada em vários pontos do mundo. E a impunidade garantida em Portugal!

“A construtora Camargo Corrêa anunciou que vai desenvolver uma hidrelétrica de 1.500 megawatts em Moçambique, avaliada em US$ 2 bilhões.”

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *