Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

Armando Vara goza férias, goza com um Estado de Direito que não se dá ao respeito

48 MESES DE IMPUNIDADE!

Em 2014, Armando Vara foi condenado a cinco anos de PRISÃO EFECTIVA, por corrupção. Mas continua à SOLTA.

Condenado em Primeira Instância, recorreu para a o Tribunal da Relação do Porto. A Relação confirmou a decisão. E nada aconteceu. Recorreu para o Tribunal Constitucional. O Constitucional também não lhe deu razão. E nada aconteceu.

Armando Vara ludibria a Justiça. E goza: goza férias, goza com a Justiça, goza com um Estado de Direito que não se dá ao respeito.

Continuaremos, a repetir este post – quinzenalmente. Até que a Justiça funcione, efectivamente.

Paulo de Morais

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *