Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

A Máfia dos Vampiros

Veja o vídeo (1 min.) para entender estas relações.

Portugal é dos únicos países da Europa que não aproveita o plasma seguro dos seus dadores benévolos, anónimos e voluntários. A maior parte do plasma dos nossos dadores acaba no lixo e depois o país gasta milhões a comprar plasma de dadores estrangeiros à Octapharma.

Quem ganha com este negócio? Por que é que há mais de 20 anos que Portugal não consegue aproveitar o plasma dos seus dadores?

Plasma vale mais do que petróleo!

Portugal chegou a gastar 70 milhões euros em hemoderivados. De facto, se aproveitasse o plasma dos seus 500 mil dadores benévolos para fazer estes medicamentos, teria poupado milhões de euros nos últimos anos. Vários governos tentaram fazer esse aproveitamento, mas nunca conseguiram e, desta forma, a indústria farmacêutica continuou a vender plasma estrangeiro e a ganhar milhões. fonte: TVI / Alexandra Borges, jornalista.

***

A Octapharma foi, durante o Governo de Lula, uma das protagonistas da `Máfia dos Vampiros´, em que vários operadores de produtos derivados do sangue foram suspeitos de actuar em cartel para cobrar preços acima do mercado. A farmacêutica suíça que contratou José Sócrates facturou, por ajuste directo com o Estado português entre 2005 e 2011, cerca de seis milhões de euros.

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *