Enviar ArtigoGostou do nosso site? Então contribua com um artigo!

A Casa da Democracia está a ruir

No Parlamento português, há deputados que votam em nome de outros. Há parlamentares que marcam presença, estando ausentes. Há subsídios que pagam viagens de deputados que nunca se realizam. Há atribuição de regalias ilegais (como seguros de saúde e outras).

A bandalheira é geral.

O Presidente da Assembleia não quer resolver problema. Apenas quer minimizar o impacto público e os danos reputacionais. Mas danos reputacionais já não há, porque a reputação do Parlamento vale zero, e o povo já nem respeita o Parlamento. Qualquer notícia negativa que de lá emane já não surpreende. Ferro Rodrigues não trata da ética e a estética já não colhe. E já nem sequer há esperança de que o Presidente da República dissolva o Parlamento, como lhe compete nos termos do artigo 133.º da Constituição da República.

A Casa da Democracia é uma casa insalubre e em ruína iminente.

Paulo de Morais

Comentar este artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *